As novidades da astronomia e da astrofísica: uma seleção feita pelo Planetário do Porto – Centro Ciência Viva, com a colaboração do IA – Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.

 


 

Escute e subscreva "Últimas Notícias do Cosmos" nos canais Spotify spotifi-icn, YouTube youtube-icn e GooglePodcasts googlepod-icn


Escutar:

 

PODCAST #8 ►  À procura das primeiras estrelas do Universo
O telescópio Espacial Hubble, com uma ampliação extra dada pela lente gravitacional de um enxame de galáxias, andou à procura da primeira geração de estrelas formadas no Universo… mas não as encontrou. No entanto, a ausência de resultados não é necessariamente um fracasso.
12 junho, 2020 [5'07]

 

PODCAST #07 ► Somos um ínfimo grão de… estilhaços cósmicos?
O nosso Sistema Solar, e por consequência, a vida na Terra, podem ter tido origem na colisão com a Via Láctea da galáxia elíptica anã do Sagitário, uma das nossas galáxias-satélite.
04 junho, 2020 [4'43]

 

PODCAST #06 ► O evento de Tunguska
112 anos depois de ter ocorrido, ainda não se sabe exatamente o que é que causou o mais violento impacto registado na história moderna. Mas uma investigação recente apresenta uma nova hipótese para este problema antigo.
15 maio, 2020 [6'10]

 

PODCAST #05 ► O cometa SWAN
Afinal, havia outro! Apesar do Cometa ATLAS se ter revelado uma desilusão, há outro que poderão tentar ver, a olho nu, durante as próximas semanas – o Cometa SWAN.
07 maio, 2020 [5'07]

 

PODCAST #04 ► Hubble: 30 anos de descobertas
O Telescópio Espacial Hubble completa 30 anos em órbita da Terra.
27 Abril, 2020 [6'40]

 

PODCAST #03 ► Oumu... quê?
Oumuamua foi o primeiro objeto interestelar a ser observado nas redondezas do Sistema Solar. Mas como terá adquirido a sua forma de “charuto”?
17 abril, 2020 [4'43]

 

PODCAST #02 ► Buracos negros meios-gordos
O telescópio espacial Hubble encontrou a melhor evidência de sempre da existência de um buraco negro de massa intermédia. (Música de fundo: STEVE)
7 abril, 2020 [5'13]

 

PODCAST #01 ► O cometa Atlas
O cometa Atlas, descoberto a 29 de dezembro de 2019, aproxima-se do Sol na sua órbita que dura mais de 5 500 anos, e poderá ser visível a olho nu a partir da Terra no início de maio.
2 abril, 2020 [5'26]