O Sol, a nossa estrela

 

O Sol, a nossa estrela_cartaz

 

Resumo

 

O Sol iluminou a Terra nos últimos quatro mil e seiscentos milhões de anos e o seu calor, que hoje nos aquece a pele, foi igualmente sentido por todos os seres humanos que alguma vez viveram.

É a estrela que nos é mais próxima, a fonte de energia que gera os ventos, as condições meteorológicas e sustenta a vida tal como a conhecemos.

 

Durante milénios muitas civilizações usaram o movimento aparente do Sol e o seu percurso no céu para medir a passagem do tempo e elaborar calendários.

Em comparação com as outras estrelas, o Sol é considerado uma estrela anã típica, mas está longe de ser pequeno. Na verdade, ele tem uma massa 500 vezes superior a todos os planetas do Sistema Solar juntos e para produzir a sua energia, em cada segundo consome 600 milhões de toneladas de hidrogénio.

 

Nesta sessão de planetário produzida por Theofanis Matsopoulos e pelo Observatório Europeu do Sul (ESO), descubra os segredos de nossa estrela, com imagens nunca vistas da turbulenta superfície do Sol, numa experiência única de cinema imersivo.

 

BILHETES: na bilheteira do Planetário do Porto – CCV ou na BOL – Bilheteira Online.

 

Consultar horários

 

 

Ficha Técnica

Duração: 25 min

Classificação: para todas as idades e públicos. 

Recomendado a partir de 10 anos.

 

Título original: The Sun, our living star

Diretor: Theofanis Matsopoulos

Música e efeitos sonoros: Konstantino Polizois

Gráficos e Animações 3D: Theofanis Matsopoulos, Luis Calçada & Martin Kornmesser

Produção: Theofanis Matsopoulos & Observatório Europeu do Sul (ESO)

Produtor executivo: Lars Lindberg Christensen

Guião e revisão científica original: Lars Lindberg Christensen, Ryan Wyatt, Nicolas Matsopoulos, Adam Hadhazy, Rebecca Davies, Carl Mundy & Paola Amico

Tradução e adaptação para português: Elsa Moreira, Planetário do Porto – Centro Ciência Viva

Revisão científica versão portuguesa; Mário João Monteiro (DFA-FCUP), João Lima (DFA-FCUP), Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA).

Narração original: Sara Mendes da Costa

Narração versão portuguesa: Raquel Rosmaninho (Cinemágica)

Sonoplastia original: George Deligiannis