As oficinas pedagógicas estão disponíveis apenas para grupos escolares ou pré-escolares, através de marcação prévia.
Conhecer a Terra, a Lua e o Sol

Para o 1º ciclo.

Durante esta experiência, os alunos irão medir e calcular as dimensões relativas da Terra, do Sol, da Lua, assim como as distâncias a que se encontram. Usando vários modelos, os alunos encontraram explicações para fenómenos astronómicos básicos, como as fases da Lua, eclipses e estações do ano. Para a execução da experiência os alunos irão manipular uma fita métrica, fazer operações aritméticas simples e manipular modelos do sistema Terra Lua.


À Descoberta do Sistema Solar

Recomendado a partir do 3º ano.

Com esta actividade, pretende-se apresentar uma visão geral do Sistema Solar, com destaque para o Sol e para os planetas, que permita não só compreender melhor as particularidades de cada astro mas também a interacção que constantemente ocorre entre eles e a impossibilidade de dissociarmos o estudo da Terra do estudo do contexto astronómico em que ela se encontra. O Laboratório decorrerá no átrio do Planetário onde será montado um modelo do sistema solar. Em cada um dos planetas será realizada uma experiencia demonstrativa de um fenómeno ou característica deste planeta.


Ótica: A nossa janela para o Universo

Recomendado a partir do 8º ano.

Com esta atividade pretende-se apresentar uma visão geral da luz, dos vários fenómenos que ela sofre, e do ramo da ciência que os estuda ? a ótica. Serão também abordadas as caraterísticas das lentes, espelhos e redes de difração e alguns exemplos de instrumentos resultantes de associações destes elementos. Serão ainda estudadas algumas propriedades dos fenómenos ondulatórios.


Distância às Estrelas

Recomendado a partir do 8º ano.

No nosso dia-a-dia é fácil medir o tamanho de objetos e distâncias entre objetos utilizando réguas e fitas métricas. Mas existem objetos tão longínquos onde isso não é possível fazer-se. Como medir a distância ao Sol ou à Lua, por exemplo? A Lua está a cerca de 385 000 km. Com certeza que não existe fita métrica suficientemente longa! Os cientistas rapidamente perceberam que teriam de arranjar outro método que não recorresse à medição direta. Como são muito engenhosos, os cientistas desenvolveram o método da paralaxe, que depende principalmente da geometria. Nesta atividade irá aprender a calcular a distância a objetos usando um simples transferidor e conhecimentos de matemática!


Impressão Digital dos Astros

Para o secundário.

A Lua é o único objeto celeste que já foi visitado pelo Homem e são muito poucos, e apenas no Sistema Solar, os astros visitados por sondas espaciais. Como é, então, possível sabermos tanto acerca do cosmos e dos astros que o povoam? O grande veículo que transporta a informação pelo Universo é a luz. É através do seu estudo que aprendemos quase tudo o que sabemos acerca de objetos situados a distâncias inimagináveis e mesmo acerca dos primórdios do Universo. Mas temos que ser capazes de descodificar a informação que a luz nos traz. A Impressão Digital dos Astros dá-nos pistas sobre uma das chaves necessárias para descodificar a luz. Venha construir um instrumento que permite separar a luz nas cores que a constituem e venha utilizá-lo para observar o código secreto guardado em diferentes materiais. Quando acabar as suas observações e os respetivos registos, irá começar a compreender as mensagens que, quase sem darmos por ela, nos chegam dos confins do Universo, e que são deixadas ao nosso alcance como verdadeiras impressões digitais dos astros que as enviaram.

 

 

 

Centro de Astrofísica da Universidade do Porto U.Porto Ciência Viva Novo Norte BOL - Bilheteira Online QREN União Europeia